Racional Teórico

Nossa abordagem será implementada pela adoção de exercícios e atividades projetados para permitir não somente uma compreensão motora dos padrões corretos de desempenho, mas também uma conscientização dos reais requisitos que o ambiente de prática do surfe exige. A aprendizagem será complementada com a aquisição de informação teórica através do estudo dos glossários das unidades, e das fontes e trechos de bibliografia complementar identificados no texto. Em as experiências dos estudantes ocorrendo sob condições livres de assistência motora direta e verbal indevida, concordamos na maior probabilidade de que estímulos livres de interferência eventualmente deverão resultar na formação de padrões motores mais apropriados ao esporte.

Assumindo que o surfe se dá em um meio altamente instável, evidências sugerem que, neste caso, a fim de que possamos concentrar nossa atenção ao máximo nos conteúdos de ensino (minimizando a interferência externa sobre a atenção), devemos antes elevar nossa tolerância às variáveis do ambiente (PARLEBAS, 1988; GENTILE, 1987). Estamos aqui nos reportando ao processo de domesticação do ambiente.

Para o cumprimento desse objetivo, preservando a correta formação motora e segurança dos estudantes ‒ embora procurando manter uma percepção realista dos riscos ‒, ao invés de prover assistência física direta e confiarmos em instruções verbais, introduzimos oportunidades de familiarização com o ambiente e suas naturais possibilidades. Assim, possibilitamo-lhes um gradativo acúmulo de vivências, preferencialmente na maioria das condições em que se manifesta o ambiente do surfe, enriquecendo seu repertório motor ao ponto em que a interferência ambiental sobre o controle de sua atenção possa tornar-se mínima. Estudos teóricos devem ser conduzidos regularmente, para que os estudantes adquiram máxima ciência sobre o contexto que lhes cerca e as ações que devem desempenhar.

Copyright © 2009-2015